sexta-feira, 4 de março de 2011

Monstros.


Tenho medo dos monstros, aqueles que crio a partir do próprio medo. Para cada medo um monstro, para cada monstro um medo.

3 comentários:

Nath disse...

Sei bem como é...
Mas,se não dominarmos o medo,ele nos domina.

Gilberto Strapazon (Sw. Prabuddha) disse...

Gostei do polvo. De onde vêm os medos?

Bea Marques disse...

Do mundo, Gil.. Das pessoas.
Do que as pessoas estão fazendo e podem fazer com o mundo.