terça-feira, 25 de janeiro de 2011

No meio da madrugada minhas unicas companhias são a caneta e o papel.
O sol ilumina o céu anunciando um novo dia, a tinta se acaba e o caderno vai para o lixo.

Um comentário:

iasmin disse...

é serio que voce que escreve tudo isso meu amor? Não que voce seja incapaz, não isso nunca, mas é realmente muito bom! Adorei! *-*